Crianças e o chocolate: Elas podem comer?

Já sabe quais são os cuidados necessários ao dar nas mãos de uma criança uma tablet de chocolate? Será que a quantidade que você está dando é compatível com a idade dela? Conheça mais sobre esse assunto que os pais tanto se preocupam!

Em tempos de Páscoa, ou fora da Páscoa, o chocolate é um dos alimentos prediletos de toda criança, pois além do sabor doce e as substâncias que aumentam a paixão/amor, ele derrete na boca e as deixam sujinhas para os pais limparem. Mas vem cá, será que esse alimento do qual as mulheres e as crianças tanto gostam faz bem a saúde ou pode prejudicá-la?

Dependendo da quantidade e idade, o chocolate pode ser um aliado a saúde, mas em exagero, pode trazer consequências mais severas, como a hipertensão, diabetes e outras doenças que se manisfestam na fase adulta.

O chocolate é calórico, mas possuí nutrientes que ajudam no desenvolvimento

Vitaminas, sais minerais e alguns outros nutrientes fazem parte da composição do chocolate. Neste caso, em pequenas quantidades, o chocolate pode contribuir para o desenvolvimento da criança. Mas não se enganem, pai e mãe, pois embora ele contenha nutrientes importantes, não significa que ele deverá fazer parte das refeições diárias.

Fatos comprovadas

  • O chocolate aumenta o bom humor;
  • O chocolate protege o coração;
  • O chocolate possui substâncias que agem nas artérias, promovendo a queda da pressão;
  • A massa de Cacau, presente no chocolate, tem grande poder antioxidante, que naturalmente previne o envelhecimento;
  • O chocolate puro não engorda, pois possui um valor pequeno de gordura.

15g de chocolate é o ideal para crianças entre 2 e 5 anos

Entre 2 e 5 anos, uma criança pode consumir, no máximo, 15g de chocolate por dia. Antes dos 2 anos não é recomendável, pois elas estão mais propensas a apresentarem alergias diversificadas ou, em casos mais graves, diarréia e dores abdominais. A partir dos 2 anos, elas já estão maduras o suficiente para aceitarem quaisquer tipos de alimentos que sejam oferecidos.


Recomendamos: