Você está em » Profissional » Profissão: Farmácia

Profissão: Farmácia

Saiba como é e quanto ganha um profissional formado na profissão de Farmácia. Veja um pouco mais sobre o curso e as áreas de atuação deste profissional no mercado de trabalho.

Profissão: FarmáciaO profissional formado em Farmácia (Nome do curso), neste caso o farmacêutico, tem um mercado de trabalho muito bom, pois o seu ramo de atuação, ao contrário do que muitos pensam, não é estar o tempo todo dentro de farmácias e drogarias, não! Ele pode atuar em diversas outras áreas e realizar diferentes funções, como por exemplo análises, produção, controle de qualidade e marketing dos produtos farmacêuticos. Entre as outras áreas de atuação, estão indústrias, laboratórios, bancos de sangue, hospitais, vigilância sanitária, forças armadas, órgãos governamentais, polícia militar, assim como instituições de ensino e de pesquisa.

O profissional formado tem boas oportunidades de emprego, pois a sua presença é muito importante em laboratórios, assim como nas próprias farmácias, que devem ter (Quase obrigatoriamente) em seu quadro de funcionários um farmacêutico. Com isso, as chances de obter um emprego ficam maiores. De qualquer forma, o formado pode optar por uma opção empreendedora, criando a sua própria drogaria.

O salário é bom, mas a profissão é bastante concorrida

Como eu disse, as oportunidades de emprego são boas, entretanto, o número de profissionais nessa profissão está aumentando consideravelmente, o que torna o mercado competitivo. A solução? Dedicação e cara nos livros, pois os melhores acabam sempre levando a vantagem.

O curso dura cerca de cinco anos e, segundo o Conselho Regional de  Farmácia do Estado de São Paulo, o salário inicial de um farmacêutico é de R$ 1.410,00 em hospitais, laboratórios e clínicas de saúde, ou R$ 1.685,00 em drogarias e farmácias.

Áreas de atuação:

Análises clínicas e toxicológicasAtenção farmacêuticaÁrea ambiental
Biologia molecularCosmetologiaFarmácia clínica
FarmacovigilânciaMedicamentosPesquisa clínica
VendasVigilância sanitária

Veja mais dessas dicas em » Profissional