Qual é a pior marca de notebook?

O mercado de notebooks no Brasil tem crescido cada dia mais, principalmente pelo fato de estarem surgindo modelos cada vez mais baratos, o que facilita bastante para o consumidor brasileiro ter uma dessas “máquinas” em casa. Como os notebooks cairam no gosto dos brasileiros, muitos estão cada vez mais preocupados em relação a compra do “computador móvel”, aliás, estão preocupados em relação a qual marca escolher.

O mais importante, em questão, não é escolher o notebook mais barato, mas sim o que não seja fabricado por uma das piores marcas do mercado. Neste caso, podem ficar despreocupados todos aqueles que compram notebooks com as marcas: Sony, Apple, HP, Dell, Asus, Positivo, LG, Aser, STI e Lenovo. As marcas estão citadas em ordem de melhores.

A imagem acima  é de um notebook com uma imagem da CCE, considerada hoje a pior marca de notebook para ter em sua casa ou em seu escritório. Uma mistura de péssimas configurações de hardware, peças com uma qualidade não muito boa, atendimento e suporte não tão agradável, a CCE acabou por se tornar uma das piores marcas para a compra de notebook, assim como a compra de desktops, como bem dizem os próprios usuários da marca.

Surgiu, inclusive, uma brincadeira com a marca CCE, aliás, mais especificamente com as siglas da empresa, onde alguns usuários traduziram as siglas CCE como: Compra, Conserta e Estraga. Para quem quer mais uma dica de qual marca evitar, muitos usuários dizem que além da CCE, a Intelbras não é também uma marca muito confiável.


Recomendamos: