Acéfalo e Anencéfalo - Quais as diferenças?

Saiba quais as dua diferenças sobre as duas más formações. Em ambos os casos os fetos não sobrevivem. Veja também a iniciativa do governo para tentar minimizar os males da mãe.

Ambas são duas más formações que ocorrem durante a gestação, mas que são bem distintas entre si.

Anencefalia

A acefalia é bem mais rara que anencefalia, isso ocorre quando o feto não forma sua cabeça e coração, dessa forma ele depende de um gêmeo para sobreviver. O pescoço desse feto parasita está unido ao gêmeo normal. A circulação do sangue do feto acéfalo é proporcionada pelo coração do irmão. Não existe cura.

A anencefalia é caracterizada pela ausência parcial do encéfalo e calota craniana, isso ocorre a uma malformação do tubo neural. Os bebês com esse problema possuem uma expectativa de vida muito curta, os caso mais longos de vida duraram 2 anos.

Com 12 semanas de gestação esse problema já pode ser diagnosticado através de uma ultra sonografia. Mulheres com diabetes têm seis vezes mais probabilidade de gerar filhos com este problema. A criança geralmente nasce cega, surda, inconsciente e incapaz de sentir dor. Não existe cura.

Aborto

O governo brasileiro autorizou ainda nesse ano a realização de aborto em casos de fetos com anencefalia. Apesar das polêmicas relacionadas aos grupos religiosos o Supremo Tribunal Federal aprovou a lei. De acordo com dados da OMS (Organização Mundial de Saúde) o Brasil é o país com o 4° maior índice de casos no mundo.  São aproximadamente 700 nascimentos, e 615 e mortes em menos de um ano.


Recomendamos: