Como elaborar um currículo profissional?

Elaborar um currículo profissional não é tão difícil quanto parece, principalmente quando você está sendo orientado por uma pessoa que já fez um, pois a experiência dele pode ser útil para aumentar a sua. Agora, quando não temos ninguém para nos orientar, a melhor forma é consultar uma fonte segura de informação, né? Pois então, através de fontes seguras, escreverei algumas dicas abaixo de um bom currículo profissional.

O currículo além de fornecer informações sobre sua formação, seu nome, telefone, endereço e até mesmo email, é também a primeira impressão que o empregador terá a seu respeito, já que além de um simples papel, é um pouco mais, pois é ele que abre um espaço para você na empresa que ele foi enviado.

Elaborar um currículo profissional é fácil, pois você precisará colocar as informações nele de forma organizada, com coerência, etc. Um currículo simples, mas aparentemente profissional pode ser feito de várias formas, sendo que abaixo colocarei alguns dos dados que você precisa colocar para aumentar suas chances de  conseguir uma vaga na empresa.

Elaborando o currículo:

1. Você deve colocar no topo do currículo, na ordem que escreverei, as seguintes informações: Seu nome, endereço da sua rua, número do telefone (com código de área), número do celular (com código de área), data de nascimento e e-mail para contato. Pode colocar as informações uma abaixo da outra, ou da forma que achar melhor.

2. Após inserir as informações acima, descreva em um novo parágrafo seus objetivos dentro da empresa, no entanto fale poucas coisas que não estejam relacionadas ao trabalho.

3. Em um novo parágrafo, logo abaixo de “Objetivos”, descreva informações originais sobre sua “Educação”, ou seja, formação escolar (cursos, etc).

4. Logo abaixo do parágrafo de “Educação”, crie um parágrafo com título de “Experiência de Trabalho” e, então, relate sobre trabalhos que você já realizou antes, quer sejam eles registrados em carteira ou não.

5. Tem alguma experiência fora do Brasil? Uma experiência relacionada, por exemplo, a um curso de Inglês que você teve que sair do Brasil para fazê-lo? Então coloque essas informações nesse parágrafo, ao qual você pode dar o nome de “Experiências internacionais”.

6. Por fim, finalize seu currículo profissional colocando informações sobre habilidades que você já tenha, como por exemplo uma ampla experiência com programas e aplicativos do Windows, podendo ser Word, Excel, PowerPoint… Informações como habilidades com música, trabalhos diferentes do qual está interessado em fazer também podem ser inclusas.


Recomendamos: