Como ficará o novo reajuste do IPTU em SP

Veja como ficarão as novas taxas de IPTU para o Estado de São Paulo. O aumento médio chega a 10,1% para imóveis residenciais.

IPTU O reajuste do IPTU parece não ter encontrado uma boa hora para chegar ao bolso do consumidor, e na verdade, nunca terá uma boa hora para chegar, afinal, os preços são, segundos moradores de bairros médios e de classe alta, cada vez mais absurdos.

Com o anúncio do reajuste, houve muitas discussões em cidades de todo o país, e em alguns casos, prefeitos de algumas cidades optaram por não reajustar as taxas de IPTU, visto que os moradores já encontravam-se em estado de inadimplência.

Em São Paulo, o aumento médio do IPTU ficou em 10,7% para imóveis residenciais e 14,1% para residencial+comerial, embora 20 distritos tenham ficado com uma taxa de aumento maior que 17%. O Alto de Pinheiros, Sé e Vila Mariana ficaram com as maiores taxas: 19,8%.

Segundo informações oficiais, com os novos reajustes, a prefeitura espera arrecadar até ano que vem cerca R$ 6,7 bilhões a mais.

Novo IPTU


Recomendamos: