Crianças e o Brócolis: Por que comer? Quais os benefícios?

O grande assunto, e bastante desagradável para as crianças, é: Comer brócolis. Aliás, a grande pergunta que fica, é: Por que comer brócolis? Ou generalizando os termos: Por que comer verduras e legumes?

Crianças e o Brócolis: Por que comer? Quais os benefícios?

Crianças, ou pais e mães que estão lendo esse texto, comer verduras e legumes é muito importante para o funcionamento saudável do nosso organismo, mas no caso do brócolis, que é rico em ferro, cálcio, ácidos fólicos e glucosinolatos, não pode faltar na dieta das crianças, nem que seja uma ou duas vezes por semana.

Ele ajuda no fortalecimento do corpo através substâncias muito importantes para o organismo delas, as quais eu já citei no parágrafo anterior (ferro, cálcio, ácido fólicos e glucosinolatos).

Segundo estudos realizados na Universidade de Warwick, Inglaterra, o brócolis possui substâncias que protegem os vasos sanguíneos dos efeitos negativos provocados pelo excesso de açúcar.

O brócolis estimula enzimas anticancerígenas

Estudos também comprovaram a eficácia do brócolis na estimulação da produção de enzimas anticancerígenas. Ou seja, alimentações saudáveis onde o brócolis esteja presente, pode proteger o nosso organismo, mas principalmente o das crianças, em relação ao surgimento de câncer, assim como reduzem as chances do crescimento de tumores.

Substitutos do Brócolis

Não importa o quanto falemos da importância do brócolis e todos os seus benefícios, milhares e milhares de crianças, assim como os próprios adultos, se recusaram a comer o brócolis. De qualquer forma, existem outras verduras da mesma família e que ajudam a combater os mesmos problemas. Essas verduras são: repolho, couve-flor, a couve-de-Bruxelas, a couve e, não menos importante, o agrião.