Fim da licença-maternidade: Como se readaptar

Preocupada com a proximidade do fim da licença-maternidade, ou já está no fim dela e agora procura dicas para conseguir se readaptar sem sofrer tanto com o tempo que ficará ausente do bebê? Então veja as dicas!

Os primeiros seis meses de vida do bebê, até o momento da fim da licença-maternidade, parecem ser os mais lindos e, também, os mais rápidos. São responsáveis por deixarem muitas mães bastante tristes só de imaginarem que precisarão voltar a rotina de trabalho.

É, mamãe, não há outra alternativa a não ser lhe dar com essa situação. Mas o pior é quando você pega o jeitinho de cuidar do bebê, seja alimentando, brincando, etc, a licença-materidade chega ao fim, não é verdade? De qualquer forma, vamos a algumas dicas para você conseguir uma readaptação rápida e fácil.

Prepare-se desde a gravidez

Mãe, você pode tornar muito mais fácil o período de readaptação após a licença-maternidade, mas será necessário se preparar desde o começo da gestação. Neste caso, será importante que você comece, desde já, pequenas mudanças na sua rotina dentro da empresa, já pensando em um cargo que seja flexível e compatível com suas funções de mãe e funcionária daqui 1 ano.

Muitas empresas não depositam esse voto de fé nas mulheres, dando a elas opções menos cansativas e um trabalho mais light, pois acreditam que elas já estão adaptadas a voltarem ao trabalho de antes. Então, seja qual for o perfil da sua empresa, dedique o máximo do tempo que conseguir ao seu bebê durante a licença-maternidade, principal próximo ao fim dela e, não menos importante: Ensine o pai do seu bebê a cuidar dele quando não estiver por perto, assim como uma outra pessoa de muita confiança, como a sua mãe, por exemplo.

A amamentação

A amamentação é um dos assuntos mais importantes durante e depois o período da licença-maternidade. Você terá 6 meses para oferecer a ele todos os nutrientes necessários, que estã presentes no seu leite materno. Mas, não se enganem! Precisaram desses 6 meses para planejar uma forma de desmamar o bebê antes que você volte a rotina de trabalho.

De qualquer forma, o período da amamentação continua mesmo após a rotina de trabalho, embora agora reduzida. Durante o seu expediente, retire leite materno com uma bombinha extratora e, quando tiver tempo, leve ao bebê. Antes de sair de casa, deixe seu leite na geladeira ou no congelador, pois se houver a necessidade de alimentá-lo, o seu leite estará lá para sustentá-lo.

Momentos íntimos indispensáveis

A volta ao trabalho não significa o fim de momentos íntimos preciosos com o seu bebê, assim como minutos de bastantes risadas, conhecimento e aprendizagem, seja de sons, gestos, imagens, etc. Por isso, sempre que chega de seu trabalho, tome um banho junto com o bebê e bastante com ele, estimulando seus movimentos e inteligência.

  • De frente a um espelho, sente-se junto com ele, ou ela, e comece a conversar e fazer caras e bocas, talvez consiga arrancar uma dele(a) também;
  • Aumente o seu vínculo afetivo, sempre nutrindo-o e dando todo o carinho e atenção possível.

Recomendamos: