Nomenclatura dos sais

Em época de vestibular é indispensável à alguém que vá cursar o mesmo saber das diferentes nomenclaturas de compostos químicos, tanto aqueles a nossa volta quanto aqueles dos quais nunca vamos usar. Os sais são compostos que se enquadram no grupo “ao nosso redor”, então é essencial que um vestibulando domine essa parte da química.

Sal é todo composto químico que se origina de uma reação entre uma base com um ácido, um metal e um ácido ou um óxido base com um óxido ácido, e que podem ter de neutralização total ou parcial.

Um sal quando diluído em água, se dissocia em um cátion diferente de H+ e um ânion diferente de OH-.

Geralmente, compostos salinos tem uma forma cristalina, além de possuírem um alto ponto de fusão. Se dissolvidos em água, fazem com que a mesma conduza corrente elétrica. Em sua fórmula química primeiramente é representado o cátion para depois o ânion.

O sal mais comum é o cloreto de sódio, popularmente conhecido como sal de cozinha.

Os nomes dos sais são formados pelos sufixos vindos do ácido que originou o nome do sal, desta maneira:

Sufixo do Ácido:

1° -idrico

2° -ico

3°-oso

Sufixo do Ânion;

1°-eto

2°-ato

3°-ito

Então o nome do sal será primeiro o nome do ânion e depois o nome do cátion.

Exemplo:

  • KCL

Este elemento é formado pelo cátion K (potássio) e pelo ácido clorídrico. Quando o sufixo do ácido termina em idrico, troca-se pelo sufixo do ânion eto, formando o elemento salino cloreto de potássio.


Recomendamos: