O que fazer para passar na inspeção veicular

Vai fazer inspeção veicular? Então veja o que é importante fazer para evitar ser reprovado neste teste! Confira.

Inspeção Veicular - Como passar Quando o assunto é inspeção veicular, uma grande parte dos motoristas ficam bastantes tranquilos, pois possuem carros novos e com emissões super baixas de poluentes, no entanto, existe uma outra grande porcentagem de motoristas que ficam preocupados. Isto é, com seus carros um pouco mais velhos e antigos, tanto o motor, quanto todo o conjunto que faz o carro andar, acabam sofrendo deteriorações por conta do tempo, e isso prova um nível de emissão de poluentes maior, impedindo-os de ganharem o selinho do Controlar, certo? Errado! Com alguns cuidados e manutenções é possível passar mesmo com um carro com idade superior a 15 anos.

TROQUE O ÓLEO DO MOTOR

É extremamente importante que o óleo de motor do seu carro esteja trocado antes do teste da inspeção veicular. Ou seja, se você estiver com um óleo velho e saturado, soltando cheiro ruim e abaixo do nível, as chances do seu veículo ser reprovado partem de 40% pra cima, por isso, troque o óleo e também o filtro de óleo.

TROQUE O FILTRO DE AR E COMBUSTÍVEL

Trocar o filtro de ar é muito importante, pois ele é responsável por reter todas as impurezas do ar que seguem para o motor. Da mesma forma, o filtro de gasolina também funciona como um retentor de impurezas que podem obstruir os orifícios do carburador ou mesmo do sistema de injeção eletrônica. Se ambos não estiverem funcionando corretamente, por conta de não terem sido trocados, as chances do motor falhas são grandes, e isso causa reprovação automática do veículo na Inspeção Veicular.

VELAS, MANGUEIRAS E RADIADOR

As velas são, basicamente, uma das partes mais simples e importantes para o funcionamento do motor. Mesmo que sejam pequenas e não aparentem funcionar para nada, elas são responsáveis pelas faíscas que dão ao motor a possibilidade de gerar a combustão interna, por isso, troque-as e evite que o motor de seu carro falhe ou chegue a “morrer” no dia do teste.

Não esqueça de verificar as mangueiras de água e refrigeração do seu carro, pois elas podem representar bastante na combustão e funcionamento corre do veículo, tal como do controle de temperatura dele, afim de evitar superaquecimento.

O radiador, por sua vez, possui uma característica extremamente importante para o motor: Não deixá-lo aquecer e, consequentemente, travar. Portanto, pequenos problemas e defeitos no funcionamento deste equipamento podem causar reprovação na inspeção, uma vez que até mesmo ele é inspencionado com cuidado.

Dicas finais

  • Não se esqueça de levar o seu carro em uma lava rápido especializado na limpeza do motor;
  • Antes de entrar no teste, é importante que seu motor esteja ligado a pelo menos 15 minutos, pois isso evitará a emissão de poluentes em grande quantidade, uma vez que o escapamento e catalizador já estão “limpos”.

Recomendamos: