Queda de cabelo na adolescência - Causas e tratamento

Conheça as diferentes manifestações de perda de cabelo precoce e saiba qual o tratamento indicado para cada uma.

Alopecia areata

A queda de cabelo é um problema que acomete muitas pessoas, principalmente homens, com uma idade mais avançada, no entanto existem relatos desse transtorno se iniciando na adolescência. Isso pode ocorrer devido a um transtorno primário de pele ou por causa de um problema de saúde mais complexo. A perda de cabelo em adolescentes tem como causas mais recorrente a  telogen effluvium, alopecia androgenética e alopecia areata.

Causas mais comuns

Telogen effluvium - é uma desordem que ocorre no escalpo da pessoa. O estresse emocional ganha aspectos físicos através dessa desordem capilar, mas outros fatores também pode causar isso, desordem alimentar, doença crônica, anemia, distúrbios emocionais, hipotireoidismo e até o consumo de drogas. Nesse caso precisa-se descobrir qual é a causa principal desse problema para depois trata-lo.

Alopécia androgenética - Geralmente é um sinal do excesso androgênico subjacentes, isso ocorre principalmente na síndrome dos ovários policísticos, no caso das mulheres é claro. Essa doença tem fator genético e atinge homens e mulheres causando a calvície. O tratamento com minoxodil tem um efeito positivo para remediar esse problema.

Alopécia areata - É uma doença rara que surge em menos de 2% da população, 60% dos casos ocorrem em pessoas com menos de 20 anos. A doença não discrimina sexo ou raça. Essa doença é caracterizada por perda de cabelo ou de pelos em áreas arredondadas ou ovais do couro cabeludo ou de outras partes do corpo, de acordo com informações do blog do doutor Dráuzio Varella. Procure atendimento médico, o Minoxidil demonstra eficácia em 20% a 45% dos casos. Outros tratamentos disponibilizados são: sensibilizadores de contato como o DNCB e o SADBE, aplicação tópica de cremes contendo corticosteroides e tratamento local com creme de antralina.


Recomendamos: