Regras de acentuação gráfica

Regras de acentuação gráfica reservam os acentos às palavras que se encaixam em padrões prosódicos menos comuns da nossa língua. Basicamente, as regras são as seguintes:

  • proparoxítonas - são todas acentuadas. Têm a antepenúltima sílaba tônica e, nesse caso, é a sílaba que leva acento. A vogal com timbre aberto é acentuada com um acento agudo, já a com timbre fechado ou nasal é acentuada com um acento circunflexo. É o caso de: lâmpada, relâmpago, Atlântico, trôpego, Júpiter, lúcido, ótimo, víssemos, flácido.
  • paroxítonas - são as palavras mais numerosas da língua e justamente por isso as que recebem menos acentos. Têm a penúltima sílaba tônica. São acentuadas as que terminam em:
    • i, is: táxi, beribéri, lápis, grátis, júri.
    • u, us, um, uns, on, ons: vírus, bónus / bônus, álbum, parabélum, álbuns, parabéluns, nêutron, prótons.
    • l, n, r, x, ps: incrível, útil, ágil, fácil, amável, éden, hífen, pólen, éter, mártir, caráter, revólver, destróier, tórax, ónix / ônix, fénix / fênix, bíceps, fórceps, Quéops.
    • ã, ãs, ão, ãos: ímã, órfã, ímãs, órfãs, bênção, órgão, órfãos, sótãos.
    • ditongo oral, crescente ou decrescente, seguido ou não de s: água, árduo, pónei, cáries, mágoas, jóquei, jóqueis.
  • oxítonas - Têm a última sílaba tônica. São acentuadas as que terminam em:
    • a, as: Pará, vatapá, estás, irás, cajá.
    • e, es: você, café, Urupês, jacarés.
    • o, os: jiló, avó, avô, retrós, supôs, paletó, cipó, mocotó.
    • em, ens: alguém, armazéns, vintém, parabéns, também, ninguém.
  • monossílabos tónicos / tônicos - são acentuados os terminados em:
    • a, as: pá, vá, gás, Brás, cá, má.
    • e, es: pé, fé, mês, três, crê.
    • o, os: só, xô, nós, pôs, nó, pó, só.
  • ditongo - abertos tónicos / tônicos quando em palavras oxítonas
    • éi: anéis, fiéis, papéis
    • éu: céu, troféu, véu
    • ói: constrói, dói, herói
  • hiato - i e u nas condições:
    • sejam a segunda vogal tónica / tônica de um hiato;
    • formem sílabas sozinhos ou com s na mesma sílaba;
    • não sejam seguidas pelo dígrafo nh;
    • não forem repetidas (i-i ou u-u);
    • não sejam, quando em palavras paroxítonas, precedidas de ditongo;

ex.: aí: a-í; balaústre: ba-la-ús-tre; egoísta: e-go-ís-ta; faísca: fa-ís-ca; viúvo; vi-ú-vo; heroína: he-ro-í-na; saída: sa-í-da; saúde: sa-ú-de.

  • Não se acentuam as palavras oxítonas terminadas em i ou u (seguidos ou não do s). Palavras como baú, saí, Anhagabaú, etc., são acentuadas não por serem oxítonas, mas por o i e o u formarem sílabas sozinhos, num hiato.
  • Apesar de não poder ser considerado um caso de tonicidade, coloca-se um acento grave “`” na crase da preposição “a” com os artigos femininos “a”, “as” e com os pronomes demonstrativos “aquele”, “aqueles”, “aquela”, “aquelas”, “aquilo”: à, às, àquele, àquilo.

As regras foram encontradas na Wikipédia.


Recomendamos: